Moreno abre seleção simplificada com 112 vagas e salários de até R$ 2.824; confira áreas

A inscrição para a seleção custa R$57 e pode ser feita no site do Instituto Darwin

Prefeitura de Moreno - Google Street View

A Prefeitura de Moreno, na Região Metropolitana do Recife, anunciou a abertura de uma seleção simplificada nesta sexta-feira (21), para o preenchimento de 112 vagas. 

Serão contratados profissionais para os cargos de intérprete de libras, assistente social, instrutor de libras, nutricionista, professor (educação especial, língua portuguesa, artes, educação física, ciências, geografia, libras), psicólogo, psicopedagogo e supervisor escolar.

A seleção disponibiliza 107 vagas de nível superior e 5 vagas de nível médio, para intérprete de libras. Os salários podem chegar a R$ 2.824. 

Inscrições
O Instituto Darwin será responsável pela realização da seleção, e as inscrições poderão ser feitas até o dia 10 de julho, com o custo de R$ 57. É possível se inscrever no site do instituto

O processo de seleção será composto por uma única etapa, que será eliminatória e classificatória, consistindo na análise de experiência profissional e títulos. 

Vale destacar que 5% das vagas serão reservadas para pessoas com deficiência.

A validade do processo seletivo é de um ano, contada a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

Os resultados e demais informações serão divulgados no site do Instituto Darwin e, após a homologação do resultado final, também no Diário Oficial do Município de Moreno e no site da prefeitura.

Clique aqui para ler o edital completo.

Veja também

Skate no Recife: último dia da programação voltada para esporte reúne público e astros na Cidade
'Skate no .BB'

Skate no Recife: último dia da programação voltada para esporte reúne público e astros na Cidade

Fuzil usado contra Trump, AR-15 foi a arma mais utilizada em chacinas nos EUA na última década
ataque

Fuzil usado contra Trump, AR-15 foi a arma mais utilizada em chacinas nos EUA na última década

Newsletter