Bryan deve ser titular contra Afogados

Lateral ainda não estreou com a camisa do Náutico em 2018

Bryan, ex-lateral do NáuticoBryan, ex-lateral do Náutico - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

Anunciado como reforço do Náutico na data da reapresentação do clube, no dia 14 de dezembro do ano passado, o lateral-direito Bryan finalmente estreará com a camisa alvirrubra. A demora entre sua chegada e a primeira aparição no gramado se deu por conta de uma lesão no músculo psoas, que o tirou dos treinos nas primeiras semanas da pré-temporada. Recuperado do problema, o atleta deve ser um dos escolhidos para compor o time que enfrenta nesta terça (20) o Afogados, na Arena de Pernambuco, pela oitava rodada do Campeonato Pernambucano.

“Estou feliz por estar recebendo essa oportunidade. A lesão foi meio complicada. No início eu tinha dificuldade até de caminhar, mas os fisioterapeutas e médicos me ajudaram, dizendo que eu voltaria a treinar sem sentir dor. Acabei me tranquilizando. Agora estou pronto para jogar”, afirmou.

Em sua apresentação oficial, realizada na tarde desta segunda (19), no CT Wilson Campos, o jogador disse que é um atleta de velocidade, boa técnica e perigoso no confronto um-para-um. Muitas dessas características vieram do período em que ele atuava mais à frente. Até o dia que uma improvisação mudou sua posição.

“Eu jogava de meia-atacante na Chapecoense, mas Vinícius Eutrópio, o treinador da época, me colocou na lateral direita. Arrebentei no treino e continuei ali. Eu me adaptei bem. Se Roberto precisar, estarei à disposição. Não vejo dificuldade em exercer qualquer função”, destacou.

Por conta do jogo importante que o Náutico terá na quinta (22), contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, pela Copa do Nordeste, o técnico Roberto Fernandes vai colocar a equipe de suplentes. Para Bryan, a chance ideal de mostrar um bom cartão de visitas.

“Será uma grande oportunidade. Isso é bom. Nosso plantel é grande e forte. O time reserva jogou contra o Salgueiro e ganhou de 4x0. Essa partida será uma chance para quem não está jogando tanto”, frisou.

Veja também

Nadadora transexual enfrenta críticas ao quebrar recordes femininos após competir com homensEUA

Nadadora transexual enfrenta críticas ao quebrar recordes femininos

Botafogo lança obras de novo museu e espera 200 mil visitantes ao ano Museu

Botafogo lança obras de novo museu e espera 200 mil visitantes ao ano