COPA AMÉRICA

Uruguai x Colômbia: Partida tem confusões dentro e fora do campo; veja os vídeos

Partida foi realizada no estádio Bank of America, nos Estados Unidos

Torcedores colombianos brigam com jogadores e dirigentes uruguaiosTorcedores colombianos brigam com jogadores e dirigentes uruguaios - Foto: Reprodução/Redes sociais

A Colômbia se garantiu na final da Copa América, nesta quarta-feira (10), após vencer o Uruguai por 1 a 0.

Apesar de ter sido uma partida bem disputada, algo que marcou o jogo foram as confusões durante e após o duelo, no estádio Bank of America, nos Estados Unidos.

No campo de jogo, o clima começou a esquentar antes do intervalo e Muñoz, lateral-direito da Colômbia, acabou sendo expulso por dar uma cotovelada em Ugarte.

 

 

O segundo tempo foi marcado por tensão dos dois lados. A Colômbia passou a reclamar bastante das faltas dos uruguaios, que, por outro lado, se irritavam com os momentos de paralisação provocados pelo adversário.

Após o término da partida, Luis Suárez se desentendeu com Miguel Borja, ainda no gramado, e protagonizou outra confusão.

 

 

Nas arquibancadas, mais confusão. Desta vez a briga foi entre torcedores colombianos e jogadores e dirigentes uruguaios. Darwin Núnez, aliás, foi um dos envolvidos na confusão, onde foi acertado por um soco de um colombiano.

 

 

Algumas imagens mostraram que a confusão começou porque as famílias dos jogadores uruguaios estavam sendo ameaçadas pelos torcedores colombianos.

 

 

Em entrevista, o capitão uruguaio Giménez confirmou a versão e denunciou a falta de segurança para os familiares. "É um desastre, nossa família estava correndo perigo", disse.

 

 

Por meio de nota, a Conmebol condenou a violência e disse que "não há espaço para a intolerância e violência dentro e fora de campo".

Contudo, a entidade não se pronunciou sobre as razões da falta de segurança ou qualquer ação a ser tomada.

 

 

Veja também

Com dores na coxa, Paulo Sérgio passará por exames no Náutico
Futebol

Com dores na coxa, Paulo Sérgio passará por exames no Náutico

Olimpíadas de Paris: LeBron James será o porta-bandeira dos EUA na abertura dos jogos
Olimpíadas de Paris

Olimpíadas de Paris: LeBron James será o porta-bandeira dos EUA na abertura dos jogos

Newsletter