CHUVAS EM PERNAMBUCO

Chuvas causam alagamentos em Pernambuco; Barreiros registra maior acumulado e Inmet renova aviso

Segundo a Defesa Civil estadual, foram registradas quatro ocorrências de deslizamento de barreiras

Chuvas em Pernambuco: alagamento, transtornos e alertasChuvas em Pernambuco: alagamento, transtornos e alertas - Foto: Redes sociais/Reprodução

As fortes chuvas que caem na manhã deste sábado (15) em várias cidades de Pernambuco causam pontos de alagamento e outros transtornos. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) estendeu o alerta laranja, de nível intermediário, até a manhã do domingo (16).

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o maior índice acumulado no Estado nas 24 horas contadas até 10h deste sábado foi em Barreiros, na Mata Sul, onde choveu 172,59 mm. 

Em seguida, aparecem o Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR), com 149,98 mm no mesmo período, e Jaboatão dos Guararapes, também na RMR, com 143,0 mm. 

O Recife acumula 119,69 mm no bairro da Várzea, na Zona Oeste. [Confira a lista completa no final do texto].

Em Barra de Guabiraba, na Mata Sul, onde a Apac emitiu alerta de inundação para o rio Sirinhaém, a água cobre uma ponte. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Prefeitura Barra de Guabiraba (@prefeiturabarradeguabiraba)

Vários pontos de alagamentos são vistos no Recife e cidades da RMR. Vídeos compartilhados com a reportagem mostram grandes acúmulos de água em pontos como a avenida Recife e vias de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes.

Assista:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Folha de Pernambuco (@folhape)

Deslizamentos de barreira
Boletim divulgado pela Defesa Civil dos Estado, às 10h06, indica quatro ocorrências de deslizamento de barreira — todas sem ocorrência de danos humanos.

As ocorrências foram em Barreiros e Tamandaré, na Mata Sul, e em Camaragibe e Moreno, na RMR. 

"Até o momento não há informações de outras ocorrências no Estado", afirmou a Defesa Civil estadual.

Chuvas são causadas por DOL
A Apac elevou para laranja, o nível intermediário, o alerta de chuvas para a Região Metropolitana do Recife e Zonas da Mata Norte e Sul. No Agreste, o alerta é amarelo, de nível inicial. 

Segundo a agência, as fortes chuvas são causadas pela ação do sistema meteorológico conhecido como Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL), que deve persistir ao longo deste sábado.

No Recife, o Centro de Operações colocou a cidade em estágio de alerta e suspendeu atividades não essenciais.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by APAC (@apac_oficial)

Onde mais choveu em Pernambuco
Segundo a Apac, estas foram as localidades onde mais choveu nas 24 horas contadas até 10h deste sábado em Pernambuco:

Barreiros (estação Hospital Municipal) - 172,59 mm
Charneca, Cabo de Santo Agostinho - 149,98 mm
Dois Carneiros, Jaboatão dos Guararapes - 143,6 mm
Tamandaré - 137,55 mm
Rio Formoso - 137,18 mm
Barreiros (estação Banco do Brasil) - 135,34 mm
Jaboatão dos Guararapes (estação Alto do Reservatório) - 120,6 mm
Várzea, Recife - 119,63 mm
Jaboatão dos Guararapes (estação Prefeitura Municipal) - 119,44 mm
Amaraji - 119,2 mm

Veja também

Homem morto em atentado contra Donald Trump é identificado, diz governador da Pensilvânia
ataque a tiros

Homem morto em atentado contra Donald Trump é identificado, diz governador da Pensilvânia

Serviço Secreto dos EUA nega acusações de que teria recusado proteção adicional para Donald Trump
comício na Pensilvânia

Serviço Secreto dos EUA nega acusações de que teria recusado proteção adicional para Donald Trump

Newsletter