FUTEBOL

Eurocopa: Spalletti se diz mais preocupado com 'nível' da Itália do que com a Espanha

Seleções se enfrentam nesta quinta-feira (20), pela segunda rodada da Eurocopa

O técnico da Itália, Luciano SpallettiO técnico da Itália, Luciano Spalletti - Foto: Alberto Pizzoli/AFP

O técnico da seleção italiana, Luciano Spalletti, elogiou as qualidades da Espanha, sua adversária no jogo desta quinta-feira (20) pela segunda rodada da Eurocopa, em Gelsenkirchen, mas deixou claro que prefere focar na sua equipe.

"O que mais me preocupa na Espanha? O nosso nível de jogo, essa é a chave do jogo, estou mais atento a isso", respondeu o treinador durante a coletiva de imprensa.

"A Espanha sabe fazer coisas impressionantes, teremos de segurar sua qualidade", afirmou, acrescentando que tem "o maior respeito por esta equipe e pela sua história".

"Não é preciso que acreditem que eles são mais fortes do que são. Nós também temos qualidades, vamos tentar de tudo para vencê-los", acrescentou.

Spalletti continuou elogiando "a escola espanhola de futebol", reconhecendo que seus jogadores "têm a coragem de manter sempre a mesma ideia de jogo".

"Do ponto de vista futebolístico, eles têm todas as qualidades individuais e coletivas", acrescentou.

"Temos como inspiração. É um futebol ofensivo, de pressão, em que até o goleiro participa", descreveu.

"Temos que progredir antes de poder jogar o futebol de vocês", respondeu ele a um jornalista espanhol.

"É o melhor futebol do mundo? Também não devemos superestimá-lo, há outros países que produzem um futebol ofensivo e sedutor", continuou.

Spalletti acredita que, para ter chances, seus jogadores devem manter grande concentração durante todo o jogo: "Teremos que manter o mesmo nível de intensidade durante os 90 minutos, jogar rápido. Se não o fizermos, eles vão nos causar danos".

"Será um dos jogos mais importantes da minha carreira, é um jogo que pode se tornar uma bela história para contar mais tarde", acrescentou.

A Espanha estreou na Euro-2024 com uma vitória por 3 a 0 sobre a Croácia, enquanto a Itália se recuperou e venceu a Albânia de virada por 2 a 1.

Veja também

Patrick Allan comemora volta à titularidade e elogia dupla com Paulo Sérgio e Bruno Mezenga
Futebol

Patrick Allan comemora volta à titularidade e elogia dupla com Paulo Sérgio e Bruno Mezenga

Olimpíadas: prefeita de Paris mergulha no Rio Sena para comprovar qualidade da água
JOGOS OLÍMPICOS

Olimpíadas: prefeita de Paris mergulha no Rio Sena para comprovar qualidade da água

Newsletter