Eurocopa

Técnico de Portugal diz que Cristiano Ronaldo aguenta a intensidade física da Eurocopa

Aos 39 anos, Cristiano Ronaldo jogou os 90 minutos da estreia contra a República Tcheca, mas passou em branco

Cristiano Ronaldo celebra o gol de Francisco Conceição, contra a República TchecaCristiano Ronaldo celebra o gol de Francisco Conceição, contra a República Tcheca - Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

O técnico de Portugal, Roberto Martinez, se apoiou nas estatísticas para defender a titularidade do atacante Cristiano Ronaldo no ataque da seleção portuguesa na Eurocopa, durante entrevista coletiva nesta sexta-feira.

"Posso te perguntar uma coisa? Você sabe quantos minutos Cristiano Ronaldo jogou na temporada passada?", rebateu o treinador para em seguida concluir sua linha de raciocínio.

A resposta foi 2.649 minutos pelo Campeonato da Arábia Saudita, a segunda maior minutagem a serviço do Al-Nassr. Ele ficou atrás somente do senegalês Sadio Mane. CR7 foi titular em 31 dos 34 jogos do time.
 

Aos 39 anos, o veterano jogador atuou os 90 minutos, mas passou em branco na estreia da equipe lusitana na vitória de 2 a 1 sobre a República Tcheca, na última terça-feira, em Leipzig, em duelo válido pela primeira rodada do Grupo F.

Portugal volta a campo neste sábado e enfrenta a Turquia, que também venceu o seu duelo de estreia (3 a 1 sobre a Geórgia).

 

Os jornalistas perguntaram ainda se a intensidade da Eurocopa não seria bem superior às partidas disputadas pelo astro português na Arábia Saudita. A resposta de Martínez foi em cima da trajetória de CR7 ao longo de sua carreira.

"Acho que quando você fala sobre intensidade, trata-se de experiência e de como você lida com grandes ocasiões. Não creio que haja outro jogador no futebol mundial que tenha disputado seis Campeonatos Europeus", respondeu o comandante.

Por fim, Martínez afirmou que a presença de Cristiano Ronaldo na seleção portuguesa se deve às atuações que fez pelo Al-Nassr e não por suas conquistas no passado.

"O que é importante entender é o que um jogador traz. Para nós, o Cristiano traz experiência, chances de gol, movimentação na área, oportunidade de abrir espaço. Se você quiser analisar as estatísticas dele em termos físicos, tudo que você precisa fazer é ver o que ele fez nos últimos 12 meses. Ele está na seleção porque merece", disse.

Com os números do mais badalado atleta português na cabeça, o treinador referendou a convocação detalhando a sua eficiência do craque na última temporada.

"Cristiano marcou 51 gols em 50 jogos (temporada passada). Todas as estatísticas físicas confirmam que ele pode jogar a cada quatro dias", concluiu.

Veja também

Pressionado, Bronny James faz 1ª cesta de três após 16 tentativas pelos Lakers; veja o lance
Basquete

Pressionado, Bronny James faz 1ª cesta de três após 16 tentativas pelos Lakers; veja o lance

História dos Jogos: confira quem são os pernambucanos medalhistas olímpicos
Futebol

História dos Jogos: confira quem são os pernambucanos medalhistas olímpicos

Newsletter