METEOROLOGIA

Chuvas em Pernambuco são intensificadas por causa de aquecimento do oceano

Avenida Presidente Kennedy, em Olinda, alagadaAvenida Presidente Kennedy, em Olinda, alagada - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

O aquecimento do Oceano Atlântico, que está em torno de 0,5 grau, intensificou o aumento das chuvas em Pernambuco neste período do ano. Segundo a meteorologista Zilurdes Lopes, da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a liberação de calor causa perturbações no vento e na pressão atmosférica, provocando a precipitação acima da média. Esse tipo de efeito é comum entre abril e julho, mas deve se manter neste primeiro trimestre.

De acordo com Zilurdes, o sistema que está provocando chuva no Estado é conhecido como Distúrbio Ondulatório de Leste ou Ondas de Leste, que é o principal sistema que causa chuva no período chuvoso do Litoral e do Agreste. ‘Como o oceano Atlântico está mais quente que o normal (em torno de 0,5 graus), isso intensificou a chuva de hoje”.

Zilurdes explica que, para o oceano, meio grau é uma temperatura acima da média. Ela acrescentou que as Ondas de Leste se propagam no Oceano Atlântico, de Oeste para Leste, provocando chuva nos estados situados no leste do Nordeste do Brasil.

Ela ainda afirmou ser normal o aquecimento do oceano neste período do ano porque é verão no hemisfério sul.

Veja também

Eletrobras: trabalhadores poderão entrar em greve a partir de 3 de junho
Eletrobras

Eletrobras: trabalhadores poderão entrar em greve a partir de 3 de junho

PRF prende envolvido no 8 de janeiro que tentava fugir para Argentina
Fuga

PRF prende envolvido no 8 de janeiro que tentava fugir para Argentina

Newsletter